Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
EN PT
banner apresentação.jpg

 Mensagem da Presidente

Na Escola de Ciências desenvolvem-se projetos e atividades de ensino, investigação e extensão transversais a uma grande diversidade de domínios científicos e tecnológicos que abrangem a Biologia, a Física, a Geologia, a Matemática e a Química.


Esta variedade e dimensão de Ciências gera um ambiente estimulante para os que aqui trabalham. Ambiente que, cada vez mais, propicia interações entre pessoas de domínios científicos diferentes, abrindo novos caminhos e novas visões.


A Escola de Ciências ambiciona atrair mais estudantes internacionais, alavancar mais projetos e mais financiamento, e estimular um ambiente atrativo para captar os melhores investigadores e os melhores estudantes.


Contamos com 228 docentes e/ou investigadores doutorados e 36 trabalhadores não docentes e não investigadores, com formação específica em Ciências e Tecnologias. O corpo discente da Escola abrange 2600 alunos, incluindo 400 estudantes de mestrado e 167 estudantes de doutoramento a realizarem os seus projetos na Escola.


Para o futuro, a Escola de Ciências vai prosseguir o seu caminho focada em dois grandes desígnios: i) Promover iniciativas de divulgação dos cursos, aumentando a atratividade das profissões científicas, e ii) Estimular a perceção do público, das famílias, das escolas, dos educadores, e muito em particular das empresas, sobre a importância das ciências e da tecnologia no desenvolvimento e no bem-estar da Sociedade.


Para atingir estes objectivos, contamos com novas e diferenciadoras estruturas de investigação que reforçam o acesso dos docentes e dos investigadores a melhores condições experimentais, como:

- o IBS (Instituto de Ciência e Inovação para a Biosustentabilidade), assente no Centro de Biologia Molecular e Ambiental, dedicado aos problemas do ambiente, da sustentabilidade e das alterações globais com impacto na Biodiversidade;

- o QuantaLab (Laboratório de Ciência e Tecnologia e Materiais Quânticos), assente no Centro de Fisica, dedicado à Fisica da Matéria Condensada e à exploração de materiais quânticos e tecnologias quânticas.


Estas novas infraestruturas foram desenhadas para desenvolver projetos multidisciplinares e, consequentemente, os estudantes da Escola de Ciências serão os primeiros a beneficiar dessa cultura científica que nos caracteriza.


Ser de Ciências é ter curiosidade a propósito dos fenómenos naturais, é ter espirito crítico, criatividade e muita imaginação. Venha visitar-nos, venha surpreender-se e, talvez, descobrir que também é de Ciências.

 

 Equipa da Presidência

foto mcasal.jpg 

 

foto nperes.jpg 

 

foto brilha.jpg 

 

foto amaurício.png

 Presidente
MARGARIDA CASAL nasceu em Lisboa em 1962. Licenciada em Biologia, é Professora Catedrática da ECUM, onde iniciou a sua carreira em 1986. Exerceu diversos cargos de gestão nomeadamente, Diretora do Curso de Licenciatura em Biologia Aplicada, Presidente do Conselho de Cursos de Ciências, Diretora do Departamento de Biologia, membro do Conselho Geral da UMinho e Diretora do Centro de Biologia Molecular e Ambiental (com avaliação Excelente em 2013). É coordenadora do programa doutoral FCT em Microbiologia Aplicada e Ambiental. Assegurou e assegura a orientação de 16 investigadores de Pós-doc, 23 alunos de Doutoramento, 23 de Mestrado e de 42 bolseiros de projeto. Autora de 9 patentes, 8 capítulos de livros e de 112 publicações ISI, tem um h-index de 27 (Researcher ID B-6386-2009). É avaliadora da A3Es na área da Bioquímica e da Biologia, Vice-Presidente da Sociedade Portuguesa de Genética e membro do Conselho Fiscal da Sociedade Portuguesa de Bioquímica.


Vice-Presidente para a Ciência e Sociedade

NUNO PERES nasceu em Arganil em 1967. Licenciou-se em Ensino de Física e Química pela Universidade de Évora e recebeu o grau de Mestre em Física pela Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, na área de Física Nuclear e Partículas. Obteve o grau de Doutor em Física pela Universidade de Évora e o grau de Agregado em Física pela Universidade do Minho. É co-autor de cerca de 140 artigos científicos, dos quais se destacam dois artigos no jornal Reviews of Modern Physics, e tem um índice-h de 43. Recebeu o Prémio de Mérito Escolar da Universidade de Évora em 1991, o prémio de Mérito de Investigação da Universidade do Minho em 2009 e o prémio Gulbenkian de Ciência em 2011. Presentemente, é Professor Catedrático do Departamento de Física da Universidade do Minho.



Vice-Presidente para a Qualidade e Planeamento

JOSÉ BRILHA nasceu na Figueira da Foz em 1966. É licenciado em Geologia pela Universidade de Coimbra e é Professor Associado com Agregação da ECUM, onde iniciou a sua carreira em 1988. Desempenhou diversos cargos na UMinho, tais como Diretor de Departamento e de Centro, Diretor de Curso de Licenciatura e de Mestrado. Lecionou em diversos cursos de licenciatura e de mestrado no Brasil, EUA, Espanha, Grécia, Marrocos, México, Moçambique, Reino Unido, Roménia, Suíça e Turquia. Orientou e co-orientou 8 teses de doutoramento e 23 dissertações de mestrado. Publicou 63 artigos e 158 trabalhos em atas de eventos (índice-h de 6). Apresentou 60 comunicações em eventos científicos e foi coautor de outras 135 comunicações. Foi criador e editor (2009-2012) da revista Geoheritage (Springer). É Presidente da European Association for the Conservation of the Geological Heritage. Participou em 68 ações de formação e de divulgação das geociências.

 
Vice-Presidente para o Ensino (Presidente do Conselho Pedagógico)

ANTÓNIO MAURÍCIO FONSECA nasceu em Fafe em 1963. É Professor Auxiliar com Agregação no Departamento de Química da UMinho desde março de 2013. Ingressou na UMinho como assistente-estagiário em 1988. Licenciado em Ensino de Física e Química (UMinho, 1988), tendo realizado provas de Aptidão Pedagógica e Capacidade Científica em 1990 e Doutorado em Ciências, área de conhecimento Química, em 1996. Integra o Centro de Química da UMinho e desenvolve trabalho de investigação na área da química inorgânica e eletroquímica. Assegurou e assegura a orientação de alunos de Doutoramento, de Mestrado e de bolseiros de projeto. É coautor de 4 capítulos em livros, de cerca de 90 artigos científicos em revistas indexados à base de dados ISI web of knowledge, onde tem cerca de 1300 citações, e um índice-h de 21. É coautor de cerca de 160 comunicações em congressos nacionais e internacionais. Participou em 9 projetos nacionais (FCT) e 5 projetos bilaterais.

 Plano de ação da Equipa

plano de ação da equipa2.png