Ignorar Comandos do Friso
Saltar para o conteúdo principal
EN PT
banner_biodiversidade ecologia e alterações globais.png

 Mestrado em Biodiversidade, Ecologia e Alterações Globais


O aumento demográfico e o desenvolvimento tecnológico têm levado à delapidação e à degradação dos recursos naturais. A consciencialização de que é mais económico prevenir do que resolver problemas conduz à necessidade de gerir os recursos de forma sustentável. Um conhecimento sólido em Ecologia, nomeadamente no que respeita aos fatores que determinam a diversidade das comunidades biológicas e as consequências funcionais decorrentes das alterações da biodiversidade, é fundamental se queremos contribuir para a sustentabilidade dos ecossistemas. O curso providencia uma oportunidade para o desenvolvimento de conhecimento, capacidades e outros atributos para uma carreira em Biologia Aplicada, Ciências do Ambiente, Conservação e Gestão dos Recursos Naturais, com vista à integração no mercado de trabalho ou ao prosseguimento para um 3º ciclo de estudos.

O Curso de Mestrado em Biodiversidade, Ecologia e Alterações Globais adotou um sistema de ensino modular. Cada unidade curricular (UC) ocorre isoladamente e as UC sucedem-se no tempo.
O Curso não tem áreas de especialização. A formação especializada é assegurada pela existência de uma oferta de UC optativas, sob a forma de cursos avançados, onde os estudantes têm oportunidade de interagir com especialistas de renome nacional e internacional.
As metodologias de ensino-aprendizagem são variadas e incluem aulas teóricas, laboratoriais e de campo de forma a cumprir os objetivos de cada UC. Os estudantes são estimulados a interagir fortemente com os docentes.

As teses de mestrado desenvolvem-se em diversos ambientes: laboratórios de investigação, empresas e associações, em Portugal ou no Estrangeiro, permitindo uma maior diversidade de abordagens e saídas profissionais.

O curso de Mestrado em Biodiversidade, Ecologia e Alterações Globais tem a duração de 4 semestres, correspondendo a 120 ECTS. O 1.º ano inclui 10 unidades curriculares, das quais 7 são obrigatórias e 3 são opcionais. O 2º ano é totalmente dedicado à dissertação. O Mestrado em Biodiversidade, Ecologia e Alterações Globais oferece um nível elevado de educação científica e é projetado para permitir que os alunos adquiram conhecimentos, capacidades e outros atributos em Ecologia para lidar com problemas complexos relacionados com Biologia Aplicada, Ciências Ambientais e Biologia da Conservação. Os alunos são orientados com o objetivo de se tornarem especialistas e líderes para abraçarem estudos de doutoramento (C3) ou carreiras profissionais em diversos ambientes, como universidades, instituições de investigação, agencias ambientais e de planeamento, administração pública, organizações não governamentais, empresas e serviços. 

Taxas e Propinas (não reembolsáveis)

Número de vagas

Habilitações de acesso

Critérios de seriação









 Curso

2024/2025

Geral


Grau Académico:
  • Mestre
ECTS:
120
Duração:
4 semestres letivos
Regime:
Diurno
Local:
Campus de Gualtar, Braga (UM)
Área científica predominante:
  • Ecologia

Contactos


    Escola de Ciências
    Campus de Gualtar
    4710 - 057 Braga

    Tel: +351 253604390 Fax: +351 253604398
    E-Mail: cpedagogico@ecum.uminho.pt; sec@ecum.uminho.pt
    URL: http://www.ecum.uminho.pt

Descrição


O projeto científico e educativo do curso de Mestrado em Biodiversidade, Ecologia e Alterações Globais tem como objetivo oferecer uma formação especializada de nível avançado utilizando ferramentas de última geração (e.g., sequenciação de alto débito, sensoriamento remoto e computação avançada) em diferentes áreas da ecologia. O projeto científico e educativo do curso de Mestrado insere-se nos projetos da UMinho que, na sua génese, têm como objetivos servir a população jovem, oferecendo-lhe um leque de formação em diversificadas áreas do conhecimento. Além disso, os cursos de índole científica e tecnológica da UMinho são também projetados para satisfazer o mercado de trabalho em áreas significativas da atividade económica da região. Para este efeito, a UMinho tem, desde sempre, trabalhado em estreita relação com entidades empregadoras, de forma a assegurar que os estudantes adquiram as competências necessárias ao seu futuro desempenho profissional. Atualmente, devido à expansão e qualificação do corpo docente, exclusivamente constituído por elementos doutorados, e à qualidade da sua investigação, a UMinho oferece inúmeras e prestigiadas saídas profissionais que se estendem para além da região em que se insere.

Resultados de aprendizagem


A perda de biodiversidade, a sobre-exploração dos recursos, e as alterações climáticas afetam a estrutura e a função dos ecossistemas, com consequências nas comunidades biológicas e no bem-estar humano. O curso de Mestrado em Biodiversidade, Ecologia e Alterações Globais tem como visa contribuir para:
1. compreender a importância funcional da biodiversidade nos ecossistemas e nos serviços por eles providenciados;
2. avaliar os efeitos dos agentes de stress nos sistemas biológicos;
3. promover a conservação e gestão sustentável dos ecossistemas;
4. desenvolver a capacidade de intervenção científica e técnica em Ecologia, como na planificação e execução de experiências/projetos, na interpretação e análise da literatura científica da especialidade;
5. desenvolver a capacidade de apresentar e discutir resultados sob a forma escrita e oral;
6. estimular o espírito crítico e construtivo, necessários ao trabalho em equipa;
7. treinar o raciocínio objetivo e centrado na resolução de problemas;
8. desenvolver as capacidades de trabalho autónomo;
9. fomentar uma conduta ética;
10. adquirir conhecimento das metodologias e temáticas multidisciplinares da área da Ecologia, da Biodiversidade e Alterações Globais.

Acesso a estudos superiores


O curso de Mestrado prepara estudantes para o ingresso em cursos de C3 na área de Ecologia, Ciências do Mar, Ciências Agro-florestais, Ciências e Engenharias do Ambiente, Sustentabilidade e áreas afins.

Saídas profissionais


O grau de C2 permite a integração em quadros de empresas privadas de consultoria ambiental, de instituições do Estado ou a agências ambientais (e.g. Câmaras Municipais, Ministério do Ambiente, Parques e Reservas Naturais) e Quadros de organizações não governamentais.

Acesso


20

Vagas

12

Mínimo

Formas de acesso


O acesso a este ciclo de estudos processa-se mediante apresentação de candidatura em:
https://alunos.uminho.pt/PT/candidatos/Mestrados/Paginas/default.aspx 

Esta informação não dispensa a consulta do Regulamento Académico da Universidade do Minho e outros documentos oficiais.

Pré-requisitos formais


Podem candidatar-se ao Programa de Estudos os titulares de licenciatura (ou habilitação equivalente) nas áreas das Ciências Biológicas, Ciências do Ambiente, Ciências do Mar, Ciências Agro-Florestais, Engenharia do Ambiente, Engenharia Biológica, Bioquímica, bem como em qualquer outra licenciatura com carácter técnico-científico afim.
Aplicam-se ainda as restantes condições constantes do Artigo nº 8 do Regulamento do Programa de Estudos de acordo com RT-04/2007.
No processo de seriação dos candidatos é considerado o grau de afinidade da licenciatura com o ciclo de estudos, e a classificação final. São ainda valorizados aspectos relativos ao Curriculum Vitae do candidato tais como a sua participação em publicações científicas, actividades de investigação, participação em congressos, entre outros.

Prazos de candidatura


Informações sobre Prazos de Candidatura podem ser consultadas em:
https://www.ecum.uminho.pt/pt/Ensino/Paginas/Candidaturas-a-Mestrado.aspx

Prazos de inscrição


Informações sobre Prazos de Inscrições podem ser consultadas em:
https://www.ecum.uminho.pt/pt/Ensino/Paginas/Candidaturas-a-Mestrado.aspx

Informação Adicional


Plano de Estudos


Avaliação/Acreditação


Estado de acreditação pela A3ES:
Acreditado
Data de publicação da decisão:
15-09-2020
Número de Registo:
R/A-Ef 2479/2011/AL01
Data de Registo:
15-04-2021
Validade:
30-07-2026